Violência doméstica: este ano já morreram 22 mulheres e uma criança

Jornalista fundadora da TVI é licenciada em Comunicação Social pela Universidade Nova de Lisboa e tem o curso de Documentário da The George Washington University.Participou no curso sobre questões europeias da Fondation Journalistes en Europe com jornalistas oriundos de 27 países de todo o mundo. Frequentou ainda seminários sobre Defesa, Maçonaria e o Mundo Islâmico no Instituto de Defesa Nacional e na Universidade de Lisboa. Antes de entrar para a TVI foi repórter no «Expresso» e na RTP. Tem uma vasta experiência em diversas áreas do jornalismo tendo já realizado trabalhos de Política, Ambiente, Trabalho, Política Internacional, Desporto etc. Além do português tem conhecimentos nas línguas inglesa, francesa e italiana.

Foi membro da direção do Sindicato de Jornalistas e é atualmente delegada sindical dos jornalistas na TVI.
26 out, 13:51

Desde janeiro até agora já morreram 22 mulheres em contexto de violência doméstica. Entre as vítimas deste ano conta-se ainda uma criança.  

Estes números, divulgados pela Comissão da Igualdade e Cidadania, são superiores ao verificado o ano passado, em que morreram 16 mulheres e duas crianças. 

País

Mais País

Patrocinados