Variante Ómicron "é mais transmissível mas não é necessariamente mais danosa para a saúde"

1 dez 2021, 11:38

O primeiro-ministro apelou ao reforço das cautelas e cuidados individuais devido ao aumento de casos de covid-19 em toda a Europa, mas também pelo surgimento da variante Ómicron. 

António Costa lembrou que Portugal tem um nível de proteção muito elevado por causa da vacinação, ressalvando, no entanto, que ainda não há prova científica suficiente que comprove se as vacinas hoje disponíveis são eficazes contra a nova variante. 

Explicou também que, das informações que o Governo tem recebido tanto das "autoridades sul-africanas" como "dos contactos com médicos portugueses que trabalham na África do Sul”, esta variante terá "um maior índice de transmissibilidade", mas não tem uma "sintomatologia muito diferente das variantes anteriores".

Governo

Mais Governo

Patrocinados