Utentes desviados para Faro. Falta de médicos no Algarve revolta grávidas e pais

15 jun, 15:55

O encerramento da urgência de ginecologia/obstetrícia do Hospital de Portimão está a preocupar os utentes algarvios, que lamentam a falta de médicos e criticam a ausência de investimento nas unidades de saúde da região.

Durante esse período, todas as grávidas têm de ser encaminhadas para o Hospital de Faro. 

Também o serviço de pediatria está a ser afetado, não havendo atendimento em Portimão a partir das 21 horas.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados