"Uma baralhada". Ter-se-á o Governo enganado nas contas da Segurança Social?

20 set, 20:17

O Governo terá cometido um engano grosseiro a propósito da sustentabilidade da Segurança Social. Nas contas conhecidas na segunda-feira, o Governo explicou que se as reformas fossem atualizadas em janeiro com a fórmula de cálculo que estava prevista, o sistema de pensões iria colapsar cinco anos mais cedo do que o previsto.

No entanto, parece que as contas não estão certas, na opinião de um antigo governante socialista, Fernando Ribeiro Mendes: o Executivo ter-se-á esquecido de incluir o aumento das receitas, que advém da contribuição mensal dos trabalhadores portugueses.

Economia

Mais Economia

Patrocinados