"Um revés substancial": Zelensky suspende chefe de segurança interna e procuradora-geral por suspeitas de colaboração com a Rússia

18 jul, 11:44

O presidente ucraniano suspendeu esta quarta-feira Ivan Bakanov, líder dos serviços de segurança interna, e Iryna Venediktova, das suas funções na sequência de muitos casos, agora conhecidos, de membros estatais que colaboravam com a Rússia.

A investigadora Sónia Sénica faz uma análise desta decisão de Volodymyr Zelensky e sobre o que esta significa para o decurso da guerra na Ucrânia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados