"Um dos efeitos que esta guerra provocou foi uma união sem precedentes". A análise do major-general Isidro Morais Pereira

24 ago, 10:20

"De facto há uma ameaça" diz o major-general Isidro Morais Pereira a propósito deste dia em que se assinala o aniversário da independência da Ucrânia, mas também seis meses de guerra. "Os serviços de comunicação americanos e britânicos calculam que podia haver um intensificar dos bombardeamentos. De facto ainda pode acontecer". Em contrapartida, destaca as "notícias positivas" que envolvem mais um pacote de apoio de países como os EUA e a Alemanha. "Um dos efeitos que esta guerra provocou foi uma união sem precedentes no ocidene alargado, União Europeia e na NATO".  

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados