"Todos têm muito medo de ser presos". Ruas de Hong Kong cheias de polícia para impedir vigília dos 33 anos da repressão de Tiananmen

4 jun, 20:30

Pelo terceiro ano concecutivo, as autoridades voltaram a impedir a vigília comemorativa da repressão na Praça de Tiananmen, em Pequim, em 1989. 
33 anos depois da morte de dezenas de pessoas às mãos das tropas chinesas, as ruas de Hong Kong encheram-se de polícias para evitarem qualquer manifestação pública que lembre o acontecimento. 

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados