Terá ocultado o cadáver da mãe desde Fevereiro para receber a pensão dela. Vai aguardar julgamento em liberdade

Na TVI desde 2001, Miguel Cabral é correspondente na delegação de Trás-os-Montes e Alto Douro.
18 out, 15:31

O homem de 50 anos suspeito de ter ocultado cadáver da mãe para receber a reforma dela vai aguardar prisão em liberdade. A PJ desconfia que a mulher de 70 anos tenha morrido em fevereiro de 2020. O homem foi detido na sexta-feira passada. 

A autópsia vai ser fundamental para apurar o que se passou.

País

Mais País

Patrocinados