"Tem de haver investigação criminal e as pessoas têm de ser responsabilizadas"

17 nov, 22:03

O advogado penalista Paulo Saragoça da Matta comentou a investigação realizada por um consórcio de jornalistas portugueses que deu conta de que quase 600 operacionais das forças de segurança usaram as redes sociais para divulgar conteúdos de ódio e vários terão ligações ao Chega

País

Mais País

Patrocinados