Suspeitos da morte de Jéssica ficam em prisão preventiva. Juiz entende que paz pública estava comprometida

26 jun, 13:44

Ficaram em prisão preventiva os três suspeitos da morte da menina de três anos, em Setúbal. O juiz de instrução entendeu que estão reunidos os pressupostos de perigo de fuga e alarme social e aplicou a medida de coação mais gravosa à alegada raptora, o marido e a filha.

Reportagem de Conceição Queiroz e de Vânia Ramos. Edição de imagem de Afonso Alexandre

País

Mais País

Patrocinados