Supermercados e centros comerciais rejeitam horários reduzidos para poupar energia

18 ago, 18:24

Desde o início da guerra na Ucrânia, a poupança de energia ganhou ainda maior relevância na Europa. Em Portugal, os grandes supermercados e centros comerciais rejeitam a ideia de reduzir o horário. As associações estão a trabalhar com o Governo e acreditam que há alternativas que passam, por exemplo, por reduzir o ar condicionado ou tornar os edifícios mais eficientes.

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados