Substituição de unidades ofensivas vai permitir à Rússia "alterar o ritmo de ataque", diz major-general

12 jul, 12:28

Numa análise na antena da CNN Portugal, o major-general Isidro Pereira admite que a Rússia poderá alterar o ritmo de ataque na Ucrânia graças à substituição e reabastecimento de algumas unidades ofensivas. 

Isidro Pereira assinala ainda que o recrutamento russo de reclusos para lutarem na Ucrânia, porém, deverá fazer com as forças de Moscovo percam eficácia, e diz que a Rússia tem como estratégia, desde o início da guerra, atacar alvos militares e civis "de forma indiscriminada".

Europa

Mais Europa

Patrocinados