Subornos na Defesa: luvas pagas com dinheiro, carros e eletrodomésticos

30 jan, 13:34

O ex-diretor-geral da Defesa, Alberto Coelho, e os chefes de divisão suspeitos de um esquema de corrupção na construção do Hospital Militar de Belém, terão sido corrompidos com dinheiro vivo, carros e eletrodomésticos. Contrapartidas que terão permitido um favorecimento de mais de quatro milhões de euros nas obras. 

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados