Subiu para 40 o número de mortos na sequência de um bombardeamento em Dnipro

Jornalista TVI e TVI24.
16 jan, 21:10

Subiu para 40 o número de civis mortos no bombardeamento que atingiu vários apartamentos na cidade de Dnipro, no sábado.

A Ucrânia diz que ainda há 30 pessoas desaparecidas nos escombros de um prédio, mas a esperança de encontrar sobreviventes é praticamente nula.

A Rússia diz que foi a defesa anti-aérea ucraniana a desviar o míssil, fazendo com que atingisse o prédio, uma tese que Kiev desmente.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados