SIRESP falha no incêndio de Leiria: 3,24 segundos foi o tempo médio de indisponibilidade

31 jul, 14:29

O presidente do SIRESP admite que em breves períodos de tempo, nos incêndios da região de Leiria, não foram possíveis as comunicações entre os bombeiros, mesmo com a rede SIRESP a funcionar.

A Secretária de Estado da Administração Interna tinha dito que as comunicações no sistema de comunicações de emergência se deveram a erros na operação, mas quem esteve no combate ao fogo tem outra leitura.

País

Mais País

Patrocinados