Senhorios encontraram uma forma de "remediar" o limite ao aumento das rendas (e envolve riscos de despejo e preços na mesma mais altos)

4 nov, 14:47

Para contornar o limite da subida das rendas em 2 por cento, imposto pelo Governo, os contratos de arrendamento não estão a ser renovados.

Os proprietários estão a propor aos novos inquilinos valores de renda muito mais altos.

A denúncia é da Associação dos inquilinos lisbonenses.

Imobiliário

Mais Imobiliário

Patrocinados