"Se quero encontrar o amor? Sim, seria incrível". Como funciona o "matchmaking"

8 jun, 00:00

A indústria do "matchmaking" cresce na Ucrânia e nos EUA e já chegou também a Portugal.

Casamentos feitos através de uma agência matrimonial é um negócio muito particular em que o casal se conhece através de um casamenteiro.

Alexandre Pinto é “matchmaker”, um casamenteiro dos tempos modernos. Tanto ele, como os clientes que o procuram, explicaram à jornalista da CNN Portugal/TVI Inês Tavares Gonçalves porque é que no amor à distância, não basta ter tempo e dinheiro, é também necessário um “golpe de sorte”.

Nos Estados Unidos, a indústria dos casamentos internacionais continua em crescimento e cruza ainda Portugal e a Ucrânia, que agora têm um casamento especial em tempos de guerra.

Amor e Sexo

Mais Amor e Sexo

Patrocinados