“Se isto voltar a acontecer. E vai voltar a acontecer, não arrisquem”: o apelo de Carlos Moedas aos lisboetas

8 dez 2022, 10:30

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, apelou aos lisboetas que arrisquem entrar nos túneis da cidade se voltar a dar-se um episódio de chuva intensa e inundações como o que se verificou na noite desta quarta-feira.

“Às 02:30, o túnel do Campo Grande era como se fosse uma piscina com três metros de profundidade. A nossa angústia, a minha angústia, foi pensar o que poderia estar aqui com três metros de profundidade”, exemplificou.

Por isso, o autarca insistiu no apelo: “Se isto voltar a acontecer. E vai voltar a acontecer. É inevitável com as mudanças climáticas. Assim que virem que um túnel começa a ter um pouco de água, não passem com o carro. Não arrisquem”.

No ponto de situação, Carlos Moedas revelou que se verificaram mais de 300 ocorrências em Lisboa. “Vi as coisas muito complicadas por volta da meia-noite”, confessou.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados