“Se fizerem um ranking dos negócios mais desastrosos do século XXI, a manutenção da TAP no Brasil estará no topo”: Pedro Santos Guerreiro

12 jan, 23:11

Pedro Santos Guerreiro afirma que a venda da empresa de manutenção de aviões da TAP no Brasil é uma oportunidade para fazer algo que já deveria ter feito há muito tempo: "Fechar uma empresa que tem sido uma sangria ao longo dos últimos". Ao todo, a TAP terá perdido pelo menos 600 milhões de euros ao longo destes 16 anos de manutenção no Brasil

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados