"Se continuarmos a adiar o ajustamento orçamental, vamos indiscutivelmente ter uma nova crise"

9 dez 2021, 22:23

Poul Thomsen, a primeira face da Troika em Portugal, alertou que Portugal e os restantes países do sul da europa podem estar a caminho de uma nova crise de dívida, se continuarem a evitar tomar as medidas necessárias que corrijam o défice estrutural. 

Em entrevista à CNN Portugal, o economista do FMI alerta que a pandemia veio criar uma montanha de dívida e que é preciso agir cautelosamente de forma a evitar uma desfecho negativo. 

"A situação com a covid-19 mostra claramente que a dívida está a atingir níveis astronómicos em alguns países", assegura.

A situação, avisa o especialista, pode determinar uma nova crise em que os países do norte se vêm obrigados a emprestar dinheiro aos países do sul e que se não fosse a bazuca europeia, várias economias europeias estariam em sérias dificuldades.

Economia

Mais Economia

Patrocinados