"Não precisamos de uma paz ditatorial, mas de uma paz justa e equitativa", responde Scholz a Putin

15 jun, 19:13

O chanceler alemão, Olaf Scholz, defendeu este sábado que a proposta apresentada por Vladimir Putin para um cessar-fogo na Ucrânia não é mais do que a forma que o presidente russo arranjou de "documentar o seu ataque imperialista".

Europa

Mais Europa

Patrocinados