“Sanções não param a vontade de a Rússia fazer uma guerra”

6 nov, 15:05

O jornalista Nuno Ramos de Almeida considera que “aquilo que PCP disse no início” sobre a guerra, “e que foi mal compreendido, se calhar devia ser recordado no fim”, uma vez que, assegura, “a guerra vai dar muitas voltas”

“A questão é que vivemos hoje uma situação em que as sanções não param a vontade de a Rússia fazer uma guerra, mas param, de facto, a capacidade da população da Europa e do mundo de sobreviverem e viverem”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados