Rússia garante que mil soldados já se renderam, mas ainda há combatentes na Azovstal

18 mai, 22:50

São imagens marcantes da guerra na Ucrânia e especialmente simbólicas para a Rússia, que fala numa rendição a larga escala: quase 600 soldados ucranianos formaram uma longa coluna enquanto abandonavam a fábrica da Azovstal, sob custódia das forças russas.

Mas há uma dúvida que paira sobre o destino destes homens e mulheres e também sobre os comandantes destes militares, que decidiram ficar nos subterrâneos.

Europa

Mais Europa

Patrocinados