Rússia com "capacidade ofensiva significativa" pode "intensificar ataques" face à cimeira da NATO

7 jul, 08:30

José Palmeira, da Universidade do Minho, comenta o encontro dos países da aliança atlântica que vai ter lugar dentro de uma semana em Washington. "NATO não pode aceitar a Ucrânia num cenário de guerra, vamos ter de aguardar"

Europa

Mais Europa

Patrocinados