Rússia achava que “poderia chegar a Kiev e tomar a cidade”. Mas “a guerra não surtiu o efeito pretendido”

17 dez 2022, 23:41

A uma semana de se completar dez meses de guerra, Sónia Sénica, comentadora da CNN Portugal, considera que “no início houve uma má perceção, uma má leitura” da investida por parte dos russos, tendo o Kremlin achado que “poderia chegar a Kiev, tomar [a cidade] e eventualmente até a deposição para a colocação de uma administração pró russa”.

A especialista salienta que, mesmo antes da guerra, "essa perceção" de que "era fácil" chegar e conquistar Kiev existia na liderança russa, mas que “a guerra não surtiu o efeito pretendido” e que, por isso, há uma maior reorganização da estratégia militar por parte de Moscovo, sendo cada vez mais notória a “tentativa de proteção da imagem do presidente russo e de incutir responsabilidades às próprias chefias militares”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados