Rodrigues dos Santos quer liberdade para recusar aulas de Cidadania, Costa fala em valores constitucionais

9 jan, 23:32

Francisco Rodrigues dos Santos quer que os portugueses possam ter liberdade sobre a frequência da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, onde, diz, se ensina a "ideologia de género". António Costa argumenta que a disciplina em causa se limita a ensinar "o funcionamento do sistema política, os valores da liberdade e da democracia e uma cultura de percepção de risco". "Não há uma doutrina de género", disse o secretário-geral do PS.

Excerto do debate entre António Costa e Francisco Rodrigues dos Santos.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados