Revogação do despacho “demonstra que o governo não está coeso, que não é um governo credível”

30 jun, 11:44

Pedro Pinto, do Chega, diz que a revogação do despacho de Pedro Nuno Santos deixa o partido “apreensivo”, porque “demonstra que o governo não está coeso, que não é um governo credível e isso deixa-nos extremamente preocupados”.

Quando questionado se Pedro Nuno Santos tem condições para continuar no cargo de ministro, Pedro Pinto diz que “não”. “No entanto, vamos aguardar para ver o que o primeiro-ministro vai dizer daqui a pouco”, prometendo uma nova reação do partido da parte da tarde.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados