"Restrição financeira é legal, e não política". Costa diz que medidas para as empresas foram até ao limite permitido pela UE

16 set, 21:55

O primeiro-ministro veio esta sexta-feira justificar o porquê de não ter ido mais além no apoio às empresas que estão a enfrentar um forte crescimento do custo da energia. O pacote de ajudas é de 1400 milhões de euros. António Costa garante que o Governo foi até ao limite do que era permitido pela Comissão Europeia.

Governo

Mais Governo

Patrocinados