Relatório da OSCE: Rússia "não se identifica, não se revê e de alguma forma também o contesta". A análise de Sónia Sénica

13 abr, 23:54

Um relatório de 110 páginas da OSCE divulgado esta quarta-feira denuncia violações dos direitos humanos por parte da Federação Russa na Ucrânia. 

Sónia Sénica explica que foi aplicado um mecanismo da própria organização para averiguar este tipo de incidentes e crimes cometidos - o mecanismo de Moscovo. A comentadora da CNN Portugal diz que a Rússia "não só não quis cooperar com a investigação destes peritos independentes, como também não verifica atualidade a esta missão". Ou seja, "não se identifica, não se revê e de alguma forma também o contesta". 

Europa

Mais Europa

Patrocinados