Refugiados ucranianos. Fundadora da Associação Amizade nega posicionamento pró-russo

29 abr, 21:41

A TVI/CNN Portugal visitou uma das associações visadas pelo presidente da Associação dos Ucranianos em Portugal que afirmou que para além de Setúbal, também em Aveiro e Gondomar há organizações pró-russas a receberem refugiados.

A fundadora, Nataliya Khmil, responde às suspeitas lembrando as ajudas que já fez chegar à Ucrânia e acusa a embaixadora ucraniana de nunca se ter envolvido nos destinos dos refugiados que chegam a Portugal.

País

Mais País

Patrocinados