"Redes de tráfico humano estão a operar de forma demasiado livre junto às fronteiras". Nelson Silva testemunhou tentativa de rapto na Polónia

15 mar, 22:52

A Aministia Internacional deu conta que o fenómeno criminoso do tráfico humano está a ganhar força entre os refugiados na Ucrânia. Os principais alvos são mulheres e crianças.

Europa

Mais Europa

Patrocinados