“Quis sexo à bruta, queria que eu fosse escrava sexual dele. Bateu-me”: o relato da mulher que acusa padre de Cascais de violação

Jornalista,editor de Sociedade
1 ago, 21:56

A Polícia Judiciária (PJ) registou mais uma queixa de violação alegadamente cometida por um padre.

A vítima terá também denunciado o caso ao Patriarcado de Lisboa e, em exclusivo à TVI (do mesmo grupo da CNN Portugal), diz que o cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, lhe terá pedido que não revelasse o caso aos jornalistas: "O senhor cardeal, D. Manuel Clemente, só me disse uma coisa: não vá com isto para a televisão", conta.

País

Mais País

Patrocinados