“Quero, posso e mando”. Como funciona o “phishing” e porque estão os hackers russos mais descansados com a guerra?

6 jul, 21:36

O já conhecido “phishing” é um crime informático que tem como objetivo ter acesso aos dados bancários das vítimas. Porfírio Trincheiras, especialista em cibersegurança, explica como a burla funciona, porque tem origem na Rússia em muitos casos e como a guerra dificulta o combate ao cibercrime nesse país.

País

Mais País

Patrocinados