Quem é Joaquim Pinto Moreira agora suspeito de corrupção, prevaricação e abuso de poderes?

Jornalista da editoria de Sociedade
10 jan, 21:45

Foram detidos, o presidente da Câmara de Espinho, o socialista Miguel Reis, o chefe da divisão do Urbanismo e mais três empresários no âmbito da operação “Vórtex”. Em causa estarão ilegalidades referentes a licenciamentos, que terão sido iniciadas ainda no mandato anterior.

Neste grupo de pessoas falta ainda Joaquim Pinto Moreira, protegido pela imunidade parlamentar. Trata-se do vice-presidente da bancada parlamentar do PSD. Antes disto, completou três mandatos como presidente da autarquia de Espinho, entre 2009 e 2021.

Partidos

Mais Partidos

Mais Vistos

Patrocinados