"Quando tens um filho e ele morre, por teres outro deixas de amar o que morreu?". Mais famílias pedem apoio psicológico pela morte de um animal

Jornalista desde 2013, debruçando-se sobre as áreas da Política, Economia e Cultura. Passou pelas redações do Negócios, RTP e Açoriano Oriental. É formado em Ciências da Comunicação e Curadoria de Arte.
19 ago, 21:00

Há cada vez mais portugueses a pedir apoio psicológico devido à morte de um animal de estimação. O cenário é explicado, pelos especialistas, pelo facto de os animais terem assumido, nos últimos anos, um papel mais relevante nas famílias, acompanhando todas as etapas da vida doméstica. Por ano, morrem cerca de 50 mil animais registados.

Leia mais aqui.

Saúde Mental

Mais Saúde Mental

Patrocinados