Professora fugitiva que matou o noivo com gelo seco capturada em Cabo Verde

24 set, 21:17

Uma professora, condenada a 17 anos de prisão e que estava em fuga após um erro judicial que lhe permitiu escapar depois de ter assassinado o noivo com gelo seco foi capturada, hoje, em Cabo Verde.

O crime aconteceu há 6 seis anos, mas apesar do trânsito em julgado no ano passado, até há um mês, as autoridades portuguesas ainda não tinham localizado a homicida. Nem sequer emitido um mandado de captura internacional para a localizar após a fuga.

Entrevistado pela TVI, o advogado de Fernanda Baltazar garante que soube da detenção pelos jornalistas.

País

Mais País

Patrocinados