Prisão efetiva pode "acelerar a morte" de Ricardo Salgado, diz defesa do ex-banqueiro

31 mai, 23:08

Na operação Marquês, a defesa de Ricardo Salgado alega que uma pena efetiva de prisão pode acelerar a morte do ex-banqueiro devido à doença de alzheimer. Este foi um dos argumentos em quase 800 páginas de recurso entregues ao Tribunal da Relação de Lisboa, mas o Ministério Público também recorreu e diz que a pena deve ser ainda mais grave: em vez de seis, 10 anos de prisão.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados