Presos, interrogados e a caminho da Rússia. Onde andam os membros do Batalhão Azov que resistiram em Azovstal

8 jun, 15:14

A Ucrânia recebeu 210 corpos de soldados ucranianos que morreram a defender Mariupol. 

A Rússia cedeu e entregou os soldados mortos. Mas não cede na transferência de prisioneiros de guerra. A Ucrânia e a Rússia têm trocado combatentes mortos.

A agência de notícias estatal russa anunciou esta terça-feira que os mais de mil soldados ucranianos que se renderam em Mariupol foram levados para a Rússia. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados