Presidente da Câmara de Montalegre suspeito de favorecer empresas em contratos públicos

28 out, 14:16

O presidente da Câmara Municipal de Montalegre foi detido por  suspeitas de associação criminosa, por alegado favorecimento em contratos públicos num valor superior a 20 milhões de euros. Além do próprio autarca, que foi eleito pelo PS, também foram detidos o vice-presidente e um funcionário da autarquia. Todos serão ouvidos em tribunal esta sexta-feira.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados