Portugal, Espanha e França fecham acordo para construir gasoduto ibérico, o "corredor da energia verde" na Europa

20 out, 21:14

O presidente francês, Emmanuel Macron, deixou cair os obstáculos ao gasoduto ibérico, que deverá transportar combustível do porto de Sines até à Europa central.

O acordo, anunciado esta manhã por António Costa e pelo primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, permite estender o gasoduto que já liga Sines a Celorico da Beira. A partir daqui serão construídos mais 86km, até à fronteira com Espanha, e o governo espanhol assegura a construção do segmento do gasoduto até Zamora, e depois até Barcelona.

Os três governos chamam-lhe "corredor verde" e destina-se sobretudo a transportar hidrogénio verde, podendo também garantir o fornecimento de gás natural.

Europa

Mais Europa

Patrocinados