"Portugal acionou fundo sempre que se verificaram os requisitos para o fazer". E agora, diz Costa, pode voltar a pedir ajuda a Bruxelas por causa do mau tempo

13 dez 2022, 18:00

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta segunda-feira que Portugal poderá acionar o Fundo de Solidariedade da União Europeia depois de apurados os montantes dos danos sofridos com o mau tempo dos últimos dias e se estiverem verificados os pressupostos necessários.

Política

Mais Política

Patrocinados