Porque é que estamos a assistir a incêndios mais extremos e com mais frequência? A análise de Domingos Patacho, da Quercus

7 ago, 08:53

Domingos Patacho, dirigente da Quercus, esteve esta manhã na CNN Portugal para esclarecer o porquê da ocorrência de incêndios cada vez mais extremos e com mais frequência em Portugal. 

Entre as principais causas, o especialista aponta o "abandono da floresta", mas há outro fator que explica a maior rapidez na propagação das chamas que dificulta o seu combate.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados