Pescadores querem desconto direto no combustível

Correspondente da TVI em Leiria
4 nov, 14:38

Os armadores estão descontentes com a fórmula escolhida pelo governo para os apoios ao setor das pescas.

Até agora, o governo só pagou as ajudas até ao mês de junho e a portaria ontem publicada diz que as novas ajudas até ao final do ano só serão pagas se houver disponibilidade orçamental.

Os pescadores defendem que a ajuda devia ser semelhante à praticada noutros países com o desconto direto na bomba de combustível.

País

Mais País

Patrocinados