Perplexidades: atual autarca de Caminha prometeu recuperar os 300 mil euros, mas há três semanas defendeu o oposto

18 nov, 21:08

A Câmara de Caminha anulou o contrato polémico de Miguel Alves, o ex-secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro António Costa. 

Rui Lages, atual presidente da autarquia, prometeu recuperar os 300 mil euros. No entanto, há três semanas este mesmo autarca recusou qualquer "dúvida ou ilegalidade".

Política

Mais Política

Mais Vistos

Patrocinados