Percorreram 150 quilómetros e passaram por dois hospitais para que a filha pudesse nascer. Casal espera por reação de Marcelo

Jornalista fundadora da TVI é licenciada em Comunicação Social pela Universidade Nova de Lisboa e tem o curso de Documentário da The George Washington University.Participou no curso sobre questões europeias da Fondation Journalistes en Europe com jornalistas oriundos de 27 países de todo o mundo. Frequentou ainda seminários sobre Defesa, Maçonaria e o Mundo Islâmico no Instituto de Defesa Nacional e na Universidade de Lisboa. Antes de entrar para a TVI foi repórter no «Expresso» e na RTP. Tem uma vasta experiência em diversas áreas do jornalismo tendo já realizado trabalhos de Política, Ambiente, Trabalho, Política Internacional, Desporto etc. Além do português tem conhecimentos nas línguas inglesa, francesa e italiana.

Foi membro da direção do Sindicato de Jornalistas e é atualmente delegada sindical dos jornalistas na TVI.
2 set, 17:22

Os pais do bebé que nasceu nas Caldas da Rainha, a 150 quilómetros de casa por falta de vagas nos hospitais de Lisboa e Setúbal apelam a que o Presidente da República se pronuncie.  

Durante uma entrevista no programa da TVI Dois às Dez, o casal lembrou o sucedido e sublinhou a diferença entre o atendimento no hospital de Santarém, onde foram mal recebidos, e o atendimento no hospital das Caldas da Rainha, ao qual só têm elogios a fazer.  

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados