Pedrógão Grande: Ministério Público pede cinco anos de prisão para comandante dos bombeiros

18 mai, 22:22

Está na fase final o julgamento sobre os incêndios de Pedrógrão Grande, em 2017. O Ministério Público manteve os 63 crimes de homicídio e 44 de ofensa à integridade física contra o comandante dos bombeiros a quem acusa de não ter feito o que devia para travar o fogo.

País

Mais País

Patrocinados