"Pedro Nuno Santos marca uma distinção em relação a uma viragem na política de Governo à direita". A análise de Pedro Tadeu

1 jul, 10:26

"Penso que há coisas por trás disto que estão ainda por saber", diz Pedro Tadeu a propósito do despacho de Pedro Nuno Santos anulado pelo primeiro-ministro. "Não é admissível que um homem com o passado político dele tenha feito aquilo de uma forma meramente infantil". O jornalista considera que esta situação pode, na verdade, ser favorável a Pedro Nuno Santos no sentido em que "marca uma distinção em relação a uma viragem na política de Governo à direita, com uma abertura que não havia no tempo da geringonça".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados