PCP diz que vacinação das crianças é “consideração pertinente”

23 nov, 18:56

Jerónimo de Sousa garantiu, à saída da reunião com o primeiro-ministro, que será dada prioridade na vacinação aos maiores de 65 anos, dada a baixa letalidade na faixa etária dos 5 aos 11 anos.

O líder comunista afirmou que a evolução “negativa” da pandemia “não justifica o alarmismo e o medo”, e salientou que não ficou com a impressão de que irão existir restrições “significativas”.

“Seria profundamente negativo para alguns setores económicos que elas existissem”, considerou.

Jerónimo de Sousa vincou também o peso da vacinação, processo para o qual “não há alternativa”.

Partidos

Mais Partidos