Paz depende da neutralidade de Kiev face à NATO

30 mar, 22:04

Poucas horas depois da ronda negocial de Istambul, a Rússia deu passos diplomáticos que merecem atenção. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Lavrov, viajou para Pequim onde apelou a uma nova ordem internacional. Chama-lhe modelo multipolar, para acabar com o binómio Estados Unidos/China.

Ao longo do dia caíram por terra as promessas feitas de que a Rússia iria reduzir os ataques em algumas regiões, para se concentrar no Donbass, mas há notícia de que apesar disto, os negociadores ucranianos e russos trabalham na proposta de Kiev sobre o estatuto de neutralidade. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados