Paulo Portas: "A tendência das maiorias absolutas é confundirem uma responsabilidade acrescida com um acréscimo de poder"

6 fev, 22:34

Paulo Portas salientou este domingo o papel do Presidente da República num contexto de maioria absoluta no Parlamento.

"A tendência das maiorias é confundirem uma responsabilidade acrescida com acréscimo de poder, que às vezes se transforma em arrogância. A função do Presidente da República é, quando tiver de ser, fazer o limite claro dessa diferença", assinalou.

Novo Governo

Mais Novo Governo

Patrocinados